Design de Superfície

Nos meus passeios virtuais, onde aprecio os desenhos de artistas vários, me deparei com a palavra Design de Superfície. Uma das coisas que me atraiu foi a junção destas duas palavras design+superfície. Nunca tinha ouvido falar deste assunto mas como o design sempre me interessou de uma maneira geral, fiquei curiosa e comecei a ler sobre o tema. Como a definição de design nunca encontrou consenso, a definição de design agregada da palavra superfície, não é diferente. Aqui no Brasil quem introduziu e traduziu o nome do inglês Surface Design para o português foi a Renata Rubim. No seu livro Desenhando a Superfície, na página 29, Renata Rubim escreve :

"Design de Superfície não é superficial";

"Design de Superfície não é necessariamente bidimensional";

"Design de Superfície não precisa ser uma superfície contínua (ou pattern)";

"Cor também é tratamento de superfície";

"Design de Superfície às vezes é Design de Produto".

Achei estas considerações suficientes para introduzir o Design de Superfície.

Depois de todas estas pesquisas e o aumento do meu interesse por este assunto, comecei a procurar cursos na área. Falarei sobre isto no próximo post.

Athos Bulcão (Painel de azulejos, Centro de Formação e Aperfeiçoamento da Câmara dos Deputados - CEFOR, 2003.. Foto: Edgar César Filho). Módulos simples que podem ser dispostos livremente pelos colocadores que, neste caso, viravam coautores do design da superfície. Eu adorei esta liberdade dada pelo designer à sua criação!

Athos-Bulcao-Camara-dos-Deputados