365 Araucárias - 344/365

Tricentésimo quadragésimo quarto desenho da jornada do projeto 365 Araucárias

Tema do mês de agosto - palavras indígenas no português do Brasil

Iracema - existe uma controvérsia quanto à formação deste nome então vamos apenas nos lembrar de que ele deu nome a um dos mais famosos romances indianistas do Brasil escrito por José de Alencar.

Quem nunca conheceu uma Iracema?

claudia-cerantola-araucaria-344.jpg

365 Araucárias - 343/365

Tricentésimo quadragésimo terceiro desenho da jornada do projeto 365 Araucárias

Tema do mês de agosto - palavras indígenas no português do Brasil

Pitanga - do termo tupi antigo ybápytanga, que significa "fruto avermelhado" (ybá, "fruto" + pytang, "avermelhado" + a, sufixo), numa referência à cor mais comum do fruto. (fonte :  NAVARRO, E. A. Dicionário de tupi antigo: a língua indígena clássica do Brasil. São Paulo. Global. 2013. p. 420)

Frutinha linda e deliciosa que temos na nossa rica e maravilhosa natureza brasileira!

claudia-cerantola-araucaria-343.jpg

365 Araucárias - 342/365

Tricentésimo quadragésimo segundo desenho da jornada do projeto 365 Araucárias

Tema do mês de agosto - palavras indígenas no português do Brasil

Capivara - do tupi kapii. Compõe-se de kaá ("mato", "erva", "planta") + pii ("fino", "delgado").
Porque vive no meio do capim, a capivara assim se chama — kapii + uara ("senhor", "dono"). A capivara é dona do capim, e por isso dele se alimenta. (fonte : blog Palavras e Origens do Professor Gabriel Perissé)

Eu adoro poder ver as capivaras em todos os parques aqui de Curitiba! Bichinho simpático e fofinho!

claudia-cerantola-araucaria-342.jpg

365 Araucárias - 339/365

Tricentésimo trigésimo nono desenho da jornada do projeto 365 Araucárias

Tema do mês de agosto - palavras indígenas no português do Brasil

Curitiba - esta é uma das hipóteses para a origem do nome da cidade de Curitiba tupi : Ku’ri, que significa pinheiro, e tüba, que quer dizer muito.

Duas das atrações turísticas da cidade, o Museu Oscar Niemeyer e o Jardim Botânico.

claudia-cerantola-araucaria-339.jpg

365 Araucárias - 336/365

Tricentésimo trigésimo sexto desenho da jornada do projeto 365 Araucárias

Tema do mês de agosto - palavras indígenas no português do Brasil

Caatinga - do tupi-guarani ca'a = planta ou floresta, tî = branco + o sufixo 'ngá = que lembra, perto de (Peralta e Osuna 1952). "Floresta esbranquiçada" (fonte : Ecologia e conservação da caatinga)

A Caatinga é o único bioma exclusivamente brasileiro e ao contrário do que muitos pensam é um bioma rico em biodiversidade. Se quiserem podem ler um pouco sobre este nosso belo bioma aqui.

365 Araucárias - 333/365

Tricentésimo trigésimo terceiro desenho da jornada do projeto 365 Araucárias

Tema do mês de agosto - palavras indígenas no português do Brasil

Quirera - do tupi kiréra = as farinhas (fonte: Dicionário de Palavras Brasileiras de Origem Indígena – Clóvis Chiaradia)

Esta aí é a receitinha de quirera da minha mãe. Delícia! Não é só pintinho e passarinho que come quirera não! :o)))))

365 Araucárias - 331/365

Tricentésimo trigésimo primeiro desenho da jornada do projeto 365 Araucárias

Tema do mês de agosto - palavras indígenas no português do Brasil

Guaraná - do tupi waraná - que tem frutos semelhantes a coquinhos.

Arbusto da família das Sapindáceas, muito comum no Amazonas e Pará, também é conhecido por : uruná e guaranaúva. No Brasil existem duas variedades, ambas produzindo um fruto muito utizado pela indústria da alimentação. Os índios usavam a pasta feita com o fruto para fins medicinais. (fonte: Dicionário de Palavras Brasileiras de Origem Indígena – Clóvis Chiaradia)

365 Araucárias - 330/365

Tricentésimo trigésimo desenho da jornada do projeto 365 Araucárias

Tema do mês de agosto - palavras indígenas no português do Brasil

Lambari - do tupi arawerí

Denominação comum aos numerosos pequenos peixes teleósteos, caraciformes, da família dos caracídeos, de ampla distribuição fluvial no Brasil. (fonte : Michaelis)

Adoro um lambarizinho frito acompanhando um choppinho bem geladinho!

365 Araucárias - 329/365

Tricentésimo vigésimo nono desenho da jornada do projeto 365 Araucárias

Tema do mês de agosto - palavras indígenas no português do Brasil

Caipira - do tupi-guarani caaipura=de dentro do mato. Nome que os índios do interior de São Paulo deram aos colonizadores. Atualmente é designação genérica dada aos habitantes de regiões do interior do Sudeste e Centro-Oeste. Pessoa do interior, da roça. Inocente, tímido.
(fonte: Dicionário de Palavras Brasileiras de Origem Indígena – Clóvis Chiaradia)

365 Araucárias - 328/365

Tricentésimo vigésimo oitavo desenho da jornada do projeto 365 Araucárias

Tema do mês de agosto - palavras indígenas no português do Brasil

Ipê - do tupi ypê - árvore de casca grossa

Esta linda árvore símbolo do Brasil. Adoro ver os ipês florindo e deixando a cidade coloridadamente poética. Agora aqui em Curitiba os ipês roxos estão no auge. Que privilégio ter estas flores magníficas no meio do inverno! A natureza é maravilhosa! <3

365 Araucárias - 326/365

Tricentésimo vigésimo sexto desenho da jornada do projeto 365 Araucárias

Tema do mês de agosto - palavras indígenas no português do Brasil

Peteca - do Tupi Guarani peteca-bater. Nome dado a um artefato esportivo, utilizado no jogo também chamado “Peteca”, de origem indígena-brasileira. A Peteca é constituída de uma base que concentra a maior parte de seu peso, geralmente feito de borracha, e uma extensão mais leve, geralmente feita de penas naturais ou sintéticas, com o objetivo de dar equilibrio ou orientar sua trajetória no ar quando arremessada. (fonte : Dicionário de Palavras Brasileiras de Origem Indígena – Clóvis Chiaradia e Dicionário Informal)

Quem aí se lembra de brincar de peteca?