Oi, meu nome é Claudia Cerantola, bem vinda(o) ao meu mundo Tropiclau!

Voltei a morar em Curitiba, sul do Brasil, em 2013 após passar 17 anos fora, dos quais 15 na França. O mundo Tropiclau surgiu da pergunta que sempre ouvi : "Onde você prefere morar?" na verdade não existe uma resposta simples como aqui ou lá, acho que acabamos fazendo um mundo quebra-cabeça, vamos pegando as coisas que nos agradam de cada lugar que passamos e montamos um mundinho ideal. O meu mundinho ideal eu chamei de Tropiclau e você acabou de entrar nele.

Falando de coisas ideais, eu sempre me disse que uma atividade seria o amor da minha vida no dia em que ela pudesse estar presente em todos os momentos e que eu não ansiasse pelo final de semana e pelas férias para ficar livre dela. Levei tempo para encontrar mas como dizem, antes tarde do que nunca.

Foi quando li o livro The Sketchnote Handbook by Mike Rohde que uma luzinha se acendeu através dos incentivos extraordinários do Mike e eu decici mergulhar no que sempre gostei de fazer, desenhar. Foi num momento de transição na minha vida, onde eu estava recomeçando muitas coisas e minha vida profissional fez parte desta mudança.

Quando criança desenhamos sem nenhuma preocupação, mas a um dado momento isto acaba e nos fazem acreditar que não sabemos mais desenhar e que estes "rabiscos" não são uma forma de arte respeitada, então eu deixei este meu lado aparentemente imaturo fora da minha vida de adulto, quer dizer quase, pois de certa forma tentei continuar desenhando quando escolhi Arquitetura, porém eu e ela não nos entendemos, desenhávamos a vida de formas diversas.

Foi na ilustração e no design de superfície que meus desenhos puderam tomar vida da maneira que eu imaginava para invadir o mundo. Imagino pessoas perambulando vestidas com estampas juninas, sendo criativas em cadernos de esboço com capa de capivara, tendo sonhos mágicos nos lençóis com estampas da Floresta de Araucária, explorando o mundo com malas estampadas com a Mata Atlântica, festando com louças decoradas com maracujá...

Ficar longe da terra natal por tantos anos exacerbou o amor que eu tinha pela nossa natureza e pela nossa cultura e hoje isto influencia meu trabalho de maneira profunda. Meu estilo é uma mistura das minhas raízes, de tudo que absorvi e que absorvo combinado com minhas ideias e tudo sempre com um toquinho de humor. Convido todos vocês para passear seus olhos e seus corações pelo meu mundo!

Mais umas coisinha sobre mim :

Tenho um vírus chamado viagem e ele só se acalma quando sabe que vamos partir para mais uma aventura; sou obcecada por araucárias, pinhão, livros…; sou movida a luz solar, adoro apoiar projetos nas plataformas de financiamento coletivo; sou apaixonada pelo feito à mão; pelo vernacular; sou uma eterna estudante obviamente felicíssima com a proliferação de cursos online.

Agora chega senão você perde o interesse, supondo que já não tenha perdido, neste caso, vou deixar outras coisinhas serem descobertas por você aos poucos.